quinta-feira, 3 de março de 2011

Alquimia


Um comentário:

Ana Maria Pupato disse...

A musa que faz nascer o poeta... Lindíssimo como nos clássicos!
Beijos mil!!!